Já estamos trabalhando para a próxima edição do festival.

Artesão cria percussão reciclando árvores derrubadas


Cássio transforma árvores em instrumentos de percussão (Foto: Arquivo pessoal de Cássio Guimarães)


Cássio Tambor passa sua experiência para crianças em workshops


Ele é artesão, percussionista e, mais do que qualquer coisa, um professor. Cássio Guimarães, conhecido como Cássio Tambor, transforma árvores que por algum motivo foram derrubadas em instrumentos de percussão. “O tambor original é feito de madeira, mas não tinha onde comprar”, conta Cássio. Segundo ele, seu primeiro tambor artesanal foi feito “pra tirar onda”. “Depois fiz mais um, fiz o terceiro e, quando fui ver, já tinha dez em casa”, diverte-se.

Cássio trabalha sozinho, em seu ateliê, numa travessa de Viamão (RS). Cada tambor leva de três meses a um ano para ser fabricado: “as árvores são derrubadas e jogadas na rua, em terrenos baldios. Eu faço a coleta e a reciclagem, levo para casa e lapido a madeira”, revela, completando que “cada peça é uma obra de arte e conta uma história”



Quando resolveu mostrar seu trabalho pela primeira vez, recebeu críticas positivas. “As pessoas falavam que o que eu fazia era arte, era escultura. Então, comecei a fazer exposições, ao lado de telas e esculturas de artistas”, lembra ele. O passo seguinte a esse trabalho foram as oficinas. Hoje, Cássio organiza e ministra workshops para crianças e adultos, onde ensina como fabricar instrumentos artesanalmente e conta a história da percussão.


Ele explica que as oficinas abrangem uma gama cultural que ultrapassa a música. “É mais do que música. O trabalho começa com a reciclagem e passa por um ensinamento de arte, já que as crianças têm que aprender a polir, a pintar. Depois disso, eu ensino um pouco de música, com isso, a gente abrange um grande leque cultural”, conta. O próximo projeto do artista é levar suas aulas e oficinas para a PercPOA, festival de percussão da cidade de Porto Alegre.

Fonte: http://redeglobo.globo.com/rs/rbstvrs/patrola/noticia/2012/07/artesao-cria-percussao-reciclando-arvores-derrubadas.html